Imanente
virtualmente, imagens que persistem


sábado, setembro 01, 2007 | Os Objectos e a Memória

A memória faz-se de fragmentos, de detalhes. E, em última análise, por se tratar de memória, julgo ser assim que se constrói um museu. Pelo menos, foi dessa forma que eu quis olhar para o espaço tão particular que é o Museu Municipal Prof. Joaquim Vermelho, no qual tive o privilégio de captar imagens para este trabalho.
Como se de vinho de qualidade se tratasse, e tal como acontece com as memórias que acabam por se esbater no tempo, as fotografias que lá se mostram passaram por um processo de maturação, a que se seguiu um incremento dramático do contraste que marcou o auge do seu poder de fixação da luz; e daí evoluíram para o envelhecimento, pelo atenuar dos tons, a adição de grão e o castanho-esverdear final duma pátina que nesta altura me é incontornável.


ISO 400 | f:4.5 | 1/30" | 52 mm (Konica Minolta Dynax 7D)

 foto alojada no Flickr | photo hosting by Flickr 

Hoje, durante a vernissage desta minha exposição. Ou a descida à terra.

Etiquetas: , , , ,

permalink | publicado por José Cartaxo, às 22:02 h

2 Comentários:

Anonymous HG escreveu:

A exposição é já um sucesso. Trabalhámos muito bem. Agora temos de a pôr a circular.

02 setembro, 2007 11:37  

Blogger jc escreveu:

Trabalhámos bem, é verdade, mas ainda é cedo para que seja um sucesso. E, sim, o mais importante para ela passa pela mudança de ares, ainda que a sala onde foi inaugurada dê garantias de ela será vista por um público internacional.

03 setembro, 2007 01:00  

Enviar um comentário

<< Entrada

fotos recentes
Cenas de bar (23)
Cenas de bar (22)
No calor da noite (11)
Cenas de bar (21)
Campo de tiro (3)
Cenas de bar (20)
Campo de tiro (2)
São papoilas, senhor
No calor da noite (10)
No calor da noite (9)





Creative Commons License

Powered by Blogger

Photoblogs.org



Get Firefox!
outros fotologues
Bezaranha
déjà rue
terrorkitten
uma por rolo
zona com ruído